Depois de Itabuna, Ibicaraí é a cidade mais violenta da microrregião cacaueira da 6ª Coorpin


Há anos, a guerra intensa pelo controle do tráfico de drogas entre as organizações criminosas Raio A e DMP vem causando terror na população das pequenas cidades próximas a Itabuna. A prova disso é que a 6ª Coorpin, com sede em Itabuna, já atingiu 100 homicídios. Vamos a lista: 1° lugar: Itabuna 48; 2° Ibicaraí 11; 3° Itajuípe e Arataca 6; 4° Santa Cruz da Vitória 4; 5° Camacan, Coaraci, Jussari, Santa Luzia e Itaju do Colônia 3; 6° Pau Brasil, Floresta Azul, Mascote e Itapé 2; 7° Barro Preto e Almadina 1. Já as cidades de Buerarema, São José da Vitória e Itapitanga não registram assassinatos em 2020. A 6ª Coorpin atende 19 municípios no Sul da Bahia. Mesmo com 100 crimes esse ano, houve uma redução de 9,10% no número de homicídios na Coordenadoria, se comparado a essa mesma data de 12 de Junho de 2019, que havia registrado 110 mortes.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!