Prefeito de Salvador ameaça fechar agências de bancos privados



Agências de bancos privados que continuarem descumprindo as determinações da Prefeitura de Salvador, sem garantir o distanciamento social no combate ao novo coronavírus (Covid-19), poderão ser fechadas, conforme informou neste sábado (13) o prefeito ACM Neto (DEM).

Ele destacou os trabalhos realizados pela Guarda Municipal no ordenamento das filas na Caixa Econômica Federal, mas pontuou que, nas agências particulares, a ação cabe aos bancos privados.

“Eu vou engrossar a ação de fiscalização dos bancos particulares. Como a gente cada dia vai em uma região da cidade, eu tenho visto que os bancos particulares não estão organizando corretamente as suas filas. Na Caixa Econômica nós fizemos porque trata de um banco público e porque é o principal agente pagador dos agentes federais e municipais. Só que, dos particulares, nós vamos agir agora cada vez com mais rigor”, disse.

E acrescentou: “Eu espero não ter que chegar ao ponto de determinar o fechamento das agências. Mas, se for preciso, vai ser feito. O banco particular tem que investir para contratar segurança e fazer o que nós, com a Guarda Municipal, temos feito na organização das filas da Caixa”.

O prefeito tem sido criticado duramente os bancos privados devido ao pouco esforço para auxiliar no combate ao vírus, sobretudo com a falta de abertura de novas linhas de créditos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!